Parque Tanguá
Jardim Botânico
Parque Barigui
Ópera de Arame
Paço da Liberdade
Fim de tarde em Curitiba-PR
previous arrow
next arrow
Slider

CHAMADA DE TRABALHOS – TRILHA DE TRABALHOS TÉCNICOS EM QUALIDADE DE SOFTWARE

SBQS 2018: XVII Simpósio Brasileiro de Qualidade de Software  

17 – 19 de Outubro de 2018, Curitiba, Paraná, Brasil

 

O SBQS

O Simpósio Brasileiro de Qualidade de Software (SBQS) é o principal fórum brasileiro dedicado à Qualidade de Software. A qualidade de software se manifesta em duas vertentes complementares e dependentes: Qualidade de Processo e Qualidade de Produto. Com a grande dependência atual em software e serviços agregados, a pesquisa em qualidade de software e sua aplicação em produtos e serviços é tanto uma necessidade quanto um diferencial para prover valor às organizações e a seus negócios.

Desde a sua concepção, o SBQS tem primado pela troca de experiências entre a academia e a indústria, onde pesquisadores, educadores e a comunidade de prática de Qualidade de Software e Engenharia de Software encontram-se para apresentar e discutir ideias, experiências e descobertas visando à inovação com potencial para influenciar positivamente na indústria de software. O SBQS 2018 contará com 3 trilhas: Trilha de Trabalhos Técnicos, Trilha de Relatos de Experiência e Trilha de Educação em Qualidade de Software. 

Propósito e Escopo

O foco da Trilha de Trabalhos Técnicos são de trabalhos de alta qualidade técnica descrevendo resultados originais e ainda não publicados relacionados à Qualidade de Software. Esperam-se artigos descrevendo resultados pioneiros de pesquisa na área de qualidade de software com contribuição acadêmica. Os artigos podem apresentar trabalhos conceituais, empíricos, experimentais ou teóricos. O SBQS encoraja a publicação da avaliação e análise dos resultados apresentados nos artigos. Resultados obtidos por meio de técnicas experimentais, sejam estudos primários ou secundários, e análises qualitativas ou quantitativas são bem-vindos.

Tópicos de Interesse

Submissões sobre todos os tópicos relacionados à Qualidade de Software são bem-vindas. Os tópicos de interesse da trilha incluem (mas sem, no entanto, se limitar a eles):

  • Processos de Software, métodos e ferramentas
  • Alta Maturidade e Controle Estatístico de Processo
  • Aquisição de Produtos de Software
  • Aquisição de Serviços de TI
  • Avaliação de Processo
  • Avaliação de Produto
  • Engenharia de Requisitos
  • Fatores Humanos e Aspectos Sociais em Qualidade de Software
  • Garantia da Qualidade de Serviços de TI
  • Garantia da Qualidade de Software
  • Gerência de Configuração
  • Gerência de Conhecimento e Aprendizado Organizacional
  • Gerência de Portfólio e de Projetos
  • Gestão de Pessoas
  • Linhas de Processo de Software
  • Linhas de Produto de Software
  • Manutenção e Evolução de Software
  • Medição e Análise
  • Melhoria de Processos de Serviços de TI
  • Melhoria de Processos de Software
  • Métodos Ágeis de Desenvolvimento de Software
  • Modelagem de Processos
  • Modelos e Normas de Capacidade e Maturidade
  • Projeto (Design) e Integração de Software e Serviços de TI
  • Qualidade de Software aplicada a Serviços de TI
  • Reutilização de Software e Serviços
  • Usabilidade e Experiência de Usuário
  • Valor em Qualidade de Software
  • Verificação, Validação e Testes

Critérios de Avaliação

Artigos desta trilha serão avaliados considerando sua originalidade, relevância, solidez técnica e clareza da apresentação. 

Datas importantes

Registro dos artigos (submissão dos resumos/abstracts):   25 de Junho de 2018 09 de Julho de 2018

Submissão dos artigos: 02 de Julho de 2018 09 de Julho de 2018

Período para rebuttal: 06 a 12 de Agosto de 2018

Notificação de aceitação: 20 de Agosto de 2018

Entrega da versão final dos artigos: 27 de Agosto de 2018  

Preparação e Submissão dos Artigos

Todas os artigos submetidos devem estar no formato Adobe Portable Document Format (PDF) e devem seguir o formato em duas colunas da ACM para conferências (ACM_SigConf), disponível em http://www.acm.org/publications/proceedings-template. Os artigos não devem ultrapassar 10 páginas, incluindo todas as figuras, tabelas, apêndices, referências e agradecimentos. As submissões devem ser feitas eletronicamente através do sistema JEMS (https://submissoes.sbc.org.br/sbqs2018_trabalhos_tecnicos).

Os artigos devem ser escritos em português ou inglês. Submissões em inglês são fortemente encorajadas, uma vez que os artigos aceitos serão indexados na ACM Digital Library. Artigos escritos em português devem incluir um abstract em inglês.

Submissões que não atendam o formato requerido ou estejam fora do escopo da Trilha de Trabalhos Técnicos serão rejeitados sem revisão.  

O processo de revisão dos artigos inclui um período para rebuttal, no qual os autores terão acesso aos comentários dos revisores e poderão apresentar argumentos e respostas aos comentários e questionamentos apresentados pelos revisores antes da decisão final pela aceitação ou rejeição do artigo.

A aceitação de um artigo implica que pelo menos um dos autores se inscreva no SBQS para apresentar o artigo durante o evento.

Artigos submetidos à Trilha de Trabalhos Técnicos não devem ter sido simultaneamente submetidos a outro fórum (evento científico ou periódico), nem já terem sido publicados anteriormente.  

PREMIAÇÃO

Todos os anos, o SBQS premia o melhor artigo em cada trilha. O Comitê Diretivo do SBQS escolherá os artigos vencedores a partir das revisões do Comitê de Programa. Os artigos premiados são anunciados no evento. Existe a possibilidade da publicação da versão estendida dos melhores artigos em um periódico. 

Coordenadora do Comitê de Programa da Trilha de Trabalhos Técnicos em Qualidade de Software

Tayana Conte, UFAM

Comitê Diretivo do SBQS

Adriano Bessa Albuquerque (UNIFOR)

Ana Regina Cavalcanti da Rocha (COPPE/UFRJ)

Gleison Santos (UNIRIO)

Marcello Thiry (UNIVALI)

Monalessa Perini Barcellos (UFES)

Sheila Reinehr (PUCPR)

Tayana Conte (UFAM)

Proceedings Chair

Ivan C. Machado (UFBA)

Comitê de Programa 

Adenilso Simao (ICMC-USP)

Adler Diniz de Souza (UNIFEI)

Adriano Albuquerque (UNIFOR)

Alessandra Dutra (PUCRS)

Alexandre Vasconcelos (UFPE)

Alfredo Goldman (IME-USP)

Aline Vasconcelos (IFFluminese)

Ana Liddy Magalhaes (UFMG / QualityFocus)

Ana Paula Bacelo (PUCRS)

Ana Regina Rocha (COPPE/UFRJ)

Anderson Belgamo (IFSP-Campus Piracicaba)

Andre Menolli (UENP)

Andreia Malucelli (PUCPR)

Anna Beatriz Marques (UFCE)

Auri Rizzo Vincenzi (UFSCar)

Breno de França (UNICAMP)

Bruno Gadelha (UFAM)

Christiane von Wangenheim (UFSC)

Cláudio Sant`Anna (UFBA)

Clenio Salviano (CTI Renato Archer)

Daniel Lucrédio (UFSCar)

Davi Viana (UFMA)

Debora Nascimento (UFS)

Debora Paiva (UFMS) 

Edna Canedo (UNB)

Edson Oliveira (SEFAZ/AM)

Edson Oliveira Jr (UEM)

Elis Cristina Hernandes (Monitora Soluções Tecnológicas)

Glauco Carneiro (UNIFACS)

Gleison Santos (UNIRIO)

Guilherme Travassos  (COPPE/UFRJ)

Heitor Costa (UFLA)

Igor Steinmacher (UTFPR)

Igor Wiese (UTFPR)

Ivan Machado (UFBA)

José Maldonado (SSC/ICMC-USP/ São Carlos)

Juliana Saraiva (UFPB)

Kathia Marçal de Oliveira (Université de Valenciennes et du Hainaut-Cambrésis)

Leonardo Medeiros (IFAL)

Leticia Machado (UFPA)

Luanna Lopes Lobato (UFG)

Marcello Thiry (UNIVALI)

Marcelo Fantinato (USP)

Marcelo Schots (UERJ)

Marcelo Yamaguti (PUCRS)

Marco Paludo (PUCPR)

Monalessa Perini Barcellos (UFES)

Natasha Valentim (UFPR)

Natália Chaves Lessa Schots (IM/UFRRJ)

Patricia Vilain (UFSC)

Paulo Parreira Júnior (UFLA)

Pedro Santos Neto (UFPI)

Rafael Prikladnicki  (PUCRS)

Raul Wazlawick (UFSC)

Regina Braga (UFJF)

Reginaldo Ré (UTFPR)

Reinaldo Cabral (UFAL)

Ricardo Falbo (UFES)

Rodrigo Reis (UFPA)

Rodrigo Santos (UNIRIO)

Rodrigo Spínola (Universidade Salvador)

Sabrina Marczak (PUCRS)

Sandro Ronaldo Bezerra Oliveira (UFPA)

Sergio T. Carvalho (UFG)

Sheila Reinehr (PUCPR)

Suzana Sampaio (UFRPE)

Tayana Conte (UFAM)

Thelma Colanzi (UEM)

Toacy Oliveira (COPPE/UFRJ)

Uirá Kulesza (UFRN)

Vinicius Garcia (UFPE)

 

Todos os direitos reservados ao XVII Simpósio Brasileiro de Qualidade de Software.

Desenvolvido por Luan Melo e Cristiane Fabrício.